Concurso, Portal Uai, Belo Horizonte, MG

publicidade

Secretaria de Educação do Distrito Federal divulga banca de próximo concurso

Os professores serão contratados para o ano letivo de 2019 e 2020

07/08/2018 16:08 | Atualização: 07/08/2018 16:13

Lorena Pacheco

Bruno Peres/CB/D.A Press
A vencedora do chamamento público, que visou contratar a banca organizadora para o próximo concurso público da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEE/DF), foi divulgada. Segundo o Diário Oficial local desta terça-feira (7/8), o Instituto Quadrix foi a empresa escolhida por apresentar a proposta mais vantajosa para a Administração Pública. Trata-se de um resultado parcial para contratação de instituição sem fins lucrativos, com a finalidade de promover a realização de processo seletivo simplificado necessário à contratação temporária de professores substitutos. Os professores serão contratados para o ano letivo de 2019 e 2020 obedecendo ao limite de 340 mil horas/ano.


A autorização oficial da seleção foi dada em 1º de agosto, no DODF. Mas, na verdade, a autorização ratificou o andamento do chamamento público iniciado em 17 de julho. A SEEDF recebeu propostas de empresas interessadas em planejar e executar o processo seletivo simplificado até 27 de julho.

As oportunidades serão para profissionais com nível superior de licenciatura plena ou bacharelado/tecnólogo, habilitado em disciplina similar, com aprovação no componente curricular pleiteado, desde que comprovado que tenha cursado o componente em no mínimo três semestres e/ou 180 horas.

DODF/Reprodução
DODF desta terça-feira (7/8)
Os aprovados farão parte do banco de reservas da pasta para atuar na Educação Básica e receberão como remuneração de R$ 5.016,53, para jornada de 40 horas semanais, e R$ 2.508,26 se trabalhar 20 horas por semana.

Provas

O site de concursos já havia publicado que o projeto básico do processo seletivo prevê que a seleção dos candidatos será composto por provas objetivas, que vão abordar os diversos componentes curriculares ofertados na Rede Pública de Ensino do Distrito Federal, com no mínimo 100 itens, sendo o mínimo de 60 de conhecimentos gerais e 40 de conhecimentos específicos. Para as vagas nos Centros Interescolares de Língua (Cil's) haverá também banca de proficiência.

Concursos no DF somam 3.777 vagas

De fato, 2018 está propício aos concurseiros de Brasília. Após dois anos acima do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que impedia contratações pelo Governo do Distrito Federal, veio a bonança. As previsões de que o ano seria de retomada de concursos públicos estão se confirmando. No momento, 10 seleções estão entre editais abertos e autorizados. Ao todo, são 3.777 vagas, sendo que 236 com inscrições possíveis, 1.641 à espera de publicação e 1.900 previstas. O número de chances deve aumentar  — e muito — com as vagas que serão preenchidas pelo cadastro reserva da Secretaria de Educação. Saiba mais aqui!