Concurso, Portal Uai, Belo Horizonte, MG

publicidade

IBGE aguarda autorização de 1.800 vagas para novo concurso

No pedido, 1.200 vagas são para nível médio e 600 de nível superior. Os salários variam de R$ 3.890,87 a R$ 8.213,07

17/08/2018 08:50 | Atualização: 17/08/2018 09:03

Mariana Fernandes

IBGE/Divulgação
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) solicitou 1.800 vagas para abertura de um novo concurso público. Deste total, 1.200 são de nível médio e 600 de nível superior. Entretanto, ainda não há definição de datas para publicação de edital ou provas, pois o IBGE aguarda autorização do Ministério do Planejamento. Os salários são de R$ 3.890,87 para técnicos e R$ 8.213,07 para analistas.

O último balanço do IBGE informou que até abril deste ano haviam 5.220 servidores ativos. Destes, 1.549, ou seja 29,7%, já podem se aposentar. O instituto informou também que somente no primeiro semestre de 2018, foram registradas cerca de 300 aposentadorias. Dessa forma,um novo certame seria necessário para repor as ausências e também preparar a realização do Censo 2020 (leia abaixo). 

Neste mês, a Associação e Sindicato Nacional dos Servidores do IBGE (Assibge) realizou uma reunião com o Planejamento e com a direção do Instituto para discutir, entre outras coisas, a importância de um novo concurso público. Em nota, o sindicato disse que o Planejamento afirmou que o IBGE segue sendo prioridade para concurso, tendo em vista a urgência por conta do Censo Demográfico 2020. Mas, que a previsão orçamentária de novas vagas para concursos no orçamento de 2019 é mínima e ainda não há autorização para as 1.800 chances solicitadas para efetivos. 

O último concurso foi realizado em 2016 e ofereceu 600 vagas, sendo 460 para o cargo de técnico em informações geográficas e estatísticas e 140 para analistas e tecnologistas. Os salários iniciais eram de R$ 3.098,85 a R$ 7.000,49. 

Ao todo, foram 511.221 mil inscritos, sendo que a grande maioria concorreu aos cargos de técnico - são 460 oportunidades disputadas por 476.437 concurseiros. As vagas eram para formados em qualquer curso ou em análise de sistemas, sistemas da informação, tecnologia da informação, engenharia da computação, ciência da computação, informática, engenharia de sistemas, biologia, entre outras áreas.

300 mil chances temporárias para o Censo 


Conforme já informado pelo site de Concursos, o IBGE já está planejando a realização do Censo Demográfico de 2020. Para isso, foi anunciado o intuito de contratar 300 mil vagas temporárias por meio de concurso. Segundo assessoria de imprensa, a previsão é de que sejam abertas chances de níveis fundamental, médio e superior.

Geralmente o Censo é composto por funções de recenseadores, que são os profissionais que trabalham com coletas de dados, além de agente censitário municipal, agente censitário supervisor, agente censitário de informática, agente censitário administrativo e agente censitário regional.

Como o Censo está previsto para 2020, vale ressaltar que o concurso deve ocorrer em 2019.